A Ilha Comprida

A Ilha Comprida encanta pela sua imensa praia e pelos inúmeros passeios em meio à sua natureza preservada.
Fonte: Revista Boat Shopping nº52

Crédito: Divulgação SEA-DOO JET TOUR

Se você não conhece, vai se encantar com a Ilha Comprida. Ela fica no litoral sul do Estado de São Paulo, distante apenas 230 km da capital. Tem apenas 4 km de largura, mas tem uma praia “comprida”, de 74 km, voltada para o Oceano Atlântico. O lado voltado para o continente é banhado pelo Canal do Mar Pequeno, sem praias, que divide a ilha com as cidades de Iguape (Norte) e Cananéia (Sul). Tanto que, para chegar à ilha, há apenas dois acessos: ao norte, por uma ponte a partir de Iguape, e ao sul, por balsa a partir de Cananéia.

Fora os quilômetros de praias selvagens, todo o território da ilha fica em área de preservação ambiental, reunindo um variado ecossistema, com muitas dunas, Mata Atlântica, mangue e restinga. Ela é rota migratória para diversas aves, como o guará, e abriga até mesmo sítios arqueológicos, os sambaquis.

O grande barato da Ilha Comprida é a interação com essa natureza preservada e privilegiada. A ilha tem sido destino de exploradores, ecoturistas e, mais recentemente, de esportistas, uma vez que há inúmeras trilhas e locais para fazer ralis, passeios de motos aquáticas, SUPs, surfe, entre outros. A ilha já fez parte, inclusive, do circuito Jet Adventure, de passeios de jets.

A maioria das construções da ilha é de casas de veraneio. Ao norte, concentra-se a maioria das opções gastronômicas. Para hospedagem, você encontra hotéis, pousadas e campings. É diversão em contato total com a natureza.

Publicado em BRP Sea-Doo Com a tag , , |

Rota da Reciclagem: Site indica pontos de coleta seletiva mais próximos de você

A iniciativa quer tornar o descarte correto ainda mais fácil e prático.
Fonte: Catraca Livre

Crédito: Divulgação SEA-DOO JET TOUR

Boa parte do lixo produzido no Brasil termina em lugares inadequados. Em 2012, uma pesquisa mostrou que foram descartados 24 milhões de toneladas de resíduos em locais impróprios, o que daria para encher 168 estádios do tamanho do Maracanã. Para tentar conscientizar a população e aumentar o índice de reciclagem no país, foi criada a plataforma Rota da Reciclagem.

O funcionamento é bem simples. Basta digitar o endereço da residência no campo de busca que o site indica o local mais próximo para você levar seu lixo reciclável. Ao todo, são três tipos de coleta: PEVs (Pontos de Entrega Voluntária), cooperativas e estabelecimentos comerciais que compram material longa vida para beneficiamento e envio aos recicladores.

Além disso, a Rota da Reciclagem, em parceria com outros sites, disponibiliza farta informação sobre os principais temas relacionados ao assunto, como coleta seletiva, educação ambiental e notícias. Uma iniciativa que pode ajudar o Brasil a reaproveitar o que ainda pode ser útil e a preservar o meio ambiente.

Publicado em BRP Sea-Doo Com a tag , |

As 10 melhores praias do Brasil

Site lista as 10 melhores praias do Brasil. Oito delas estão nos Estados de Pernambuco e do Rio de Janeiro.
Fonte: Catraca Livre

Crédito: Divulgação SEA-DOO JET TOUR

O site TripAdvisor, um dos principais portais especializados em turismo do mundo, fez um ranking das 10 melhores praias do Brasil. Oito delas estão nos Estados de Pernambuco e do Rio de Janeiro.

O levantamento foi realizado com base nas avaliações dos usuários do site. Confira abaixo a lista:

1 –  Baía do Sancho (Fernando de Noronha – PE)

A areia branquíssima e o mar verde-esmeralda formam uma paisagem incrível. Pode ser visitada durante o ano todo.

2 – Lopes Mendes, Ilha Grande (Angra dos Reis –RJ)

Paraíso dos surfistas, a praia de Lopes Mendes surpreende por suas águas cristalinas de tons verdes e azulados. Uma das atrações é sua a areia que “canta” ao ser pisada. A melhor época para visitar é de dezembro a março.

3 – Baía dos Porcos (Fernando de Noronha – PE)

Com apenas 100 metros de extensão, é a considerada a praia mais charmosa de Noronha. Pode ser visitada durante o ano todo.

4 – Ilha de Santo Aleixo e praia dos Carneiros (Porto de Galinhas – PE)

A praia de Carneiros é considerada uma das mais bonitas e rústicas de Pernambuco. Já a ilha de Santo Aleixo é famosa pelas dezenas de naufrágios em seus arredores, atraindo mergulhadores de todo o mundo. Pode ser visitada durante o ano todo.

5 – Baía dos Golfinhos, praia da Pipa (Timbau do Sul – RN)

Apesar do nome, os golfinhos raramente são vistos por conta da movimentação de banhistas na praia.

6 – Praia de Ipanema (Rio de Janeiro – RJ)

Queridinha dos cariocas, a praia serviu de inspiração para Vinícius de Moraes compor a música “Garota de Ipanema”. A melhor época do ano para visitar é de dezembro a março.

7 – Lagoa Azul, Ilha Grande (Angra dos Reis – RJ)

De águas claras e tranquilas, a pequena enseada é protegida por pequenas ilhas, ideal para o mergulho com snorkel. A melhor época do ano para visitar é de dezembro a março.

8 – Praia do Arpoador (Rio de Janeiro  – RJ)

Todos os fins de tarde dezenas de pessoas contemplam o por do sol da pedra do Arpoador.  Por conta do mar agitado, a  praia é reduto de surfistas. A melhor época do ano para visitar é de dezembro a março.

9 – Praia de Muro Alto (Porto de Galinhas  – PE)

O conjunto formado por um paredão de areia, coqueiros, reserva de Mata Atlântica, recifes e piscinas naturais faz de Muro Alto uma das mais belas praias do país. O mar de águas calmas atraí adeptos dos esportes náuticos. Pode ser visitada durante o ano todo.

10 –  Praia do Gunga (Maceió – AL)

A praia do Gunga destaca-se pela sua beleza exuberante. Encravada entre os coqueiros e um belíssimo mar, proporciona a todos os visitantes boas recordações. Pode ser visitada durante o ano todo.

Publicado em BRP Sea-Doo Com a tag , , |

ÁGUA! Em plena crise de abastecimento em São Paulo, confira dicas para preservar esse bem tão precioso

Com o Cantareira cada vez mais seco, as reservas mais profundas do manancial já começaram a ser bombeadas. Enquanto isso, o paulistano usa, por dia, 82 litros a mais de água do que a ONU recomenda. Veja como mudar este quadro.
Fonte: O Estado de S. Paulo

Foto: Divulgação SEA-DOO JET TOUR

O Consumo em SP está acima do ideal

O consumo de água considerado ideal é de 110 litros por pessoa a cada dia, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).  O Estado de São Paulo tem uma média de 192,6 litros por pessoa, também acima da média nacional, de 167,5 litros. A capital também está acima da média, com o gasto de 190,3 litros por habitante, segundo o Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgoto de 2012. Na Região Metropolitana de São Paulo, a maior parte das cidades também consomem acima do que pede a ONU. Nos últimos quatro anos, o consumo de água na região cresceu 8,6%.

Dicas para economizar

Banho: Uma ducha de 15 minutos, com o registro meio aberto, consome 135 litros.
Dica: Com a torneira fechada ao se ensaboar, e reduzindo o tempo de água corrente para 5 minutos, o consumo cai para 45 litros.

Higiene: Escovar os dentes durante 5 minutos com a torneira não muito aberta consome 12 litros de água.
Dica: Apenas ao molhar a escova e fechar a torneira enquanto escova os dentes, e, ainda, enxaguar a boca com um copo de água, é possível economizar mais de 11,5 litros de água.

Descarga: Uma bacia sanitária com válvula e tempo de acionamento de 6 segundos consome de 10 a 14 litros.
Dica: Bacias com volume de descarga reduzido podem economizar de 4 a 8 litros.

Cozinha: Lavar a louça com a torneira meio aberta durante 15 minutos gasta 117 litros de água.
Dica: Com a torneira desligada enquanto ensaboa, o consumo cai para 20 litros.

Barba: Fazer a barba durante 5 minutos com a torneira meio aberta consome 12 litros de água.
Dica: Ao se barbear com a torneira fechada, o consumo cai para 2 a 3 litros.

Jardim: Molhar as plantas por 10 min. gasta 186 litros.
Dica: No inverno é possível regar dia sim, dia não. O gasto cai para 96 litros de água por dia.

Calçada: Lavar a calçada com a mangueira por 15 minutos leva a um gasto de 279 litros de água.
Dica: Usar uma vassoura em vez da mangueira traz 100% de economia de água.

Piscina: Uma piscina média exposta ao sol e ao vento perde cerca de 3.785 litros de água por mês por evaporação.
Dica: Com uma cobertura, a perda é reduzida em 90%, chegando a 378,5 litros de evaporação de água por mês.

Carro: Lavar o carro por 30 minutos com uma mangueira com meia volta de abertura pode consumir 560 litros.
Dica: Para reduzir, basta lavar o carro uma vez por mês com balde. Nesse caso, o consumo é de apenas 40 litros.

Confira a matéria completa aqui.

Publicado em BRP Sea-Doo Com a tag , , , |

15/10: Dia do Consumo Consciente

A forma como cada um de nós consome bens e serviços impacta diretamente o meio ambiente e ainda afeta o bem-estar da nossa comunidade. Que tal aproveitar o Dia do Consumo Consciente, instituído em 15/10 pelo Ministério do Meio Ambiente, para repensar os seus hábitos de consumo? Aproveite e confira 10 dicas super simples para começar a mudar de postura.
Fonte: Débora Spitzcovsky – Planeta Sustentável

Em 1995, a ONU definiu em relatório oficial da Comissão de Desenvolvimento Sustentável, que consumo sustentável é o ato de “usar serviços e produtos que respondem às nossas necessidades básicas e trazem a melhoria da qualidade de vida, ao mesmo tempo em que reduzem o uso de recursos naturais e materiais tóxicos, a produção de lixo e as emissões de poluentes” e ainda alertou: “Se continuarmos poluindo, desperdiçando matérias-primas e causando desequilíbrios fatais ao meio ambiente, a partir da forma como consumimos, nossos descendentes não sobreviverão”.

Mais de 15 anos após essa declaração, reflita um pouco a respeito da sua postura enquanto consumidor: você está, realmente, consumindo apenas o necessário ou tem sua parcela de culpa na escassez de recursos naturais e no aumento do lixo e da emissão de poluentes no planeta?

Neste sábado, 15/10, comemora-se em todo o Brasil o Dia do Consumidor Consciente. A data foi instituída, em 2009, pelo Ministério do Meio Ambiente, com a intenção de conscientizar os brasileiros a respeito dos problemas socioeconômicos, ambientais e políticos que estamos causando no país por conta dos padrões de produção e consumo insustentáveis que adotamos. Então, que tal aproveitar a data para repensar seus hábitos e mudar de postura?

Para ajudar, confira abaixo dez dicas de consumo consciente do Instituto Akatu – ONG brasileira, criada em 2011, especializada no tema.

1- PLANEJE SUAS COMPRAS
Um terço dos alimentos perecíveis que compramos no supermercado vão direto para o lixo. A atitude, além de gerar um desperdício de R$ 1 milhão de reais ao longo da vida, aumenta a produção de resíduos sólidos. No Brasil, o lixo que produzimos anualmente é suficiente para construir uma muralha de 4 metros de altura ao longo de todas as praias brasileiras. A melhor maneira de evitar tanto desperdício é planejar nossas compras e avaliar, antes de sair de casa, o que realmente precisamos.

2- RECICLE E REAPROVEITE
Cada brasileiro gera, do berço ao túmulo, cerca de 25 toneladas de lixo, mas boa parte desses resíduos não precisa ter a lixeira como destino final: muitas vezes, o que consideramos lixo pode ser reaproveitado ou reciclado. Basta se informar a respeito do assunto e mudar a mentalidade. Além de contribuir para a redução da produção de resíduos, ainda ajudamos a Prefeitura a economizar nos gastos para coleta e tratamento de lixo – e esse dinheiro pode ser aplicado em melhorias para outras áreas, como saúde e educação.

3- RECUSE SACOLAS PLÁSTICAS
Cada brasileiro descarta, por ano, cerca de 75 sacolas plásticas. Se juntarmos todas as sacolinhas que foram jogadas fora pela população do país nos últimos 12 anos, é possível formar uma pilha de 700 km de altura – quase a distância entre São Paulo e Florianópolis. Cada um desses sacos plásticos leva 400 anos para desaparecer e, ainda, atrapalha a decomposição do resto do lixo que está no aterro. Por isso, opte por sacolas retornáveis quando for às compras.

4- ECONOMIZE ÁGUA
Ninguém está pedindo para você deixar de usar o recurso, mas sim para usá-lo com consciência.

5- NÃO JOGUE O ÓLEO DE COZINHA NA PIA
Ao jogar um litro de óleo de cozinha pelo ralo da pia você está contribuindo para a contaminação de até 25 mil litros de água – sem contar que está correndo o risco de provocar entupimentos no encanamento de casa ou na rede de esgoto. A melhor maneira de se desfazer do óleo de cozinha é colocá-lo em garrafas PET e entregá-las para reciclagem em entidades especializadas.

6- DÊ UM DESTINO CORRETO AO LIXO ELETRÔNICO
Celulares, TVs, CDs, computadores, micro-ondas, câmeras digitais, MP3s e tantos outros artigos eletrônicos podem contaminar o solo e os lençóis freáticos, se descartados no lixo comum. Se os produtos ainda estiverem funcionando, procure doá-los, caso contrário, descarte em pontos de coleta de lixo eletrônico.

7- COMPRE MADEIRA CERTIFICADA
Cerca de 70% da madeira retirada ilegalmente da Amazônia fica no Brasil e é utilizada, principalmente, pelos setores moveleiro e da construção civil. A maneira mais eficaz de quebrar esse ciclo é parar de comprar madeira proveniente do desmatamento. Portanto, exija madeira certificada na hora de construir e decorar – de quebra, você ainda contribui para a redução do aquecimento global.

8- CARNE, SÓ DE ORIGEM LEGAL
A pecuária é outra grande responsável pelo desmatamento da Amazônia. Atualmente, a criação de gado é a atividade que mais contribui para o aquecimento global no país, sendo responsável por mais de 60% das emissões brasileiras de gases causadores do efeito estufa. Por isso, dê preferência a supermercados e açougues que informam a origem da carne que comercializam e garantem que ela não é proveniente de áreas desmatadas.

9- OPTE POR PRODUTOS LOCAIS
Produtos fabricados na região em que você mora percorrem uma distância menor até o supermercado e, portanto, são responsáveis por menos emissões de CO2. Além disso, frutas, verduras e legumes chegam ao destino final mais frescos para consumo.

10- DESLIGUE O COMPUTADOR
Se, apenas, 1% dos brasileiros desligar o PC, todos os dias, só na hora do almoço, em um ano evitaremos a emissão de carbono equivalente a 80 mil carros, movidos a gasolina, viajando entre São Paulo e Rio de Janeiro. Não custa nada desligar o aparelho não só na hora do almoço, mas quando você se afastar por mais de 15 minutos para realizar outra atividade, certo?

Publicado em BRP Sea-Doo Com a tag |

BRP leva segunda geração do Evinrude E-TEC ao São Paulo Boat Show

Lançamento dos motores de popa Evinrude é destaque no estande da BRP, que ainda expõe as motos aquáticas Sea-Doo e os veículos Can-Am no evento.
Fonte: Mundo Press

Créditos: Mundo Press

A BRP apresenta ao mercado brasileiro os motores de popa G2, a segunda e novíssima geração dos já consagrados Evinrude E-TEC, durante o São Paulo Boat Show. O salão náutico teve início nesta quinta-feira no Transamérica Expo Center, na capital paulista, e vai até o próximo dia 30. O estande da BRP também atrai atenções por levar ao evento o que há de melhor em produtos do segmento powersports, incluindo as motos aquáticas Sea-Doo e os veículos on-road e off-road da Can-Am.

O dia de abertura foi marcado por grande movimentação no estande da BRP, principalmente por parte da imprensa, para ver de perto os motores Evinrude E-TEC G2. No centro do espaço, um grande cubo convida o público a entrar na nova era dos motores de popa e ainda montar a combinação de cores ideal, já que o produto é o primeiro totalmente personalizável. A BRP também comemora um ano de sucesso da moto aquática Spark no Brasil, com direito a distribuição de picolés, e expõe outras máquinas da Sea-Doo. A Can-Am marca presença por meio de seus quadriciclos e UTVs, além do roadster Spyder RT LTD, destaque das estradas.

“É importante mostrar nossos produtos e dar visibilidade às novidades para o público habitual, bem como para os novatos do evento. Temos a expectativa de cada vez mais fortalecer as nossas marcas, ampliando o potencial público consumidor neste São Paulo Boat Show”, afirmou Fernando Alves, gerente comercial regional da BRP no Brasil. “Todas as marcas BRP estão presentes no estande. O nosso consumidor e o público em geral tem a oportunidade de, em um único espaço, conferir a maior diversidade de produtos do segmento powersport do mercado brasileiro”, continuou Alves, lembrando que os motores Evinrude E-TEC G2 ainda representam a marca nos estandes de diversos estaleiros, equipando os seus barcos.

O lançamento da Evinrude promete causar grande impacto no mercado de motores de popa, assim como o Sea-Doo Spark, há um ano, revolucionou as motos aquáticas. “A G2, segunda geração do E-TEC, é a última palavra em tecnologia em motores de popa, pois traz de forma superior características como baixo consumo de combustível, confiabilidade mecânica e os mais baixos níveis de emissão, aliadas ao que há de melhor nos motores dois tempos, que é o torque disponível. Isso traz desempenho e economia superiores aos modelos concorrentes – um binário que normalmente é inversamente proporcional, mas com materiais e tecnologia nós chegamos lá”, concluiu Alves.

BRP no São Paulo Boat Show 2014
Programação: Até dia 30 de setembro (dias de semana, das 13h às 22h; final de semana, das 12h às 22h; e dia 30, das 13h às 21h)
Localização espaço BRP: Estande G2 no Transamérica Expo Center, em São Paulo-SP (Rua Mario Villas Boas Rodrigues, 387, bairro Santo Amaro)
Site oficial do evento: www.boatshow.com.br

Publicado em BRP Sea-Doo Com a tag , , , , , , |

Motos aquáticas navegam por águas da região de São José do Rio Preto (SP)

Final de semana inclui test drive no sábado e passeio do Jet Tour Sea-Doo no domingo, no Rio Grande.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Divulgação/Jet Tour Sea-Doo

As motos aquáticas navegam por águas da região de São José do Rio Preto (SP) neste final de semana. No sábado, haverá test drive com as máquinas da Sea-Doo, entre 11h e 16h. Já no domingo, o Jet Tour Sea-Doo convida proprietários de motos aquáticas de todas as marcas para um passeio monitorado pelas belas paisagens do Rio Grande. A programação terá como base o Condomínio Enseada Azul 1, em Fronteira (MG).

“Toda a região tem muito potencial para as motos aquáticas, São José do Rio Preto fica no centro de grandes rios e lagos. A cidade está a 50 quilômetros do Rio Grande e do Rio Tietê e a 60 km do Rio Paraná. A diversão gira em torno de atividades náuticas e de aproveitar os condomínios de alto padrão, muitos deles nas margens dos rios”, contou Renato Piccolo, da R&R Náutica, concessionária dos produtos BRP no município do interior paulista.

O final de semana promete momentos únicos de lazer. “Teremos show room dos produtos da BRP, com as motos aquáticas da Sea-Doo e os veículos on-road e off-road da Can-Am, no local do test drive de sábado. No domingo, o passeio terá cerca de uma hora de duração, subindo pelo Rio Grande até o Condomínio Náutico”, concluiu Piccolo, lembrando que a programação termina com um churrasco de confraternização.

As inscrições para as atividades estão a cargo da equipe da R&R Náutica no telefone (17) 3216-2200. A organização do Jet Tour Sea-Doo e do test drive exige o uso dos equipamentos de segurança e a apresentação da habilitação náutica por parte dos pilotos. A Sea-Doo patrocina a campanha Navegue Seguro, da Marinha do Brasil, a qual trabalha a conscientização sobre o uso responsável das motos aquáticas.

Publicado em Jet Tour Sea-Doo Com a tag , , , , |

Jet Tour Sea-Doo explora a ilha de Vitória (ES)

Passeio para motos aquáticas está marcado para este sábado; Programação inclui test drive com os produtos Sea-Doo.
Fonte: Mundo Press

Créditos: Divulgação/Jet Tour Sea-Doo (11/9/2014)

O Jet Tour Sea-Doo deste sábado explora as belezas da ilha de Vitória, que abriga a capital capixaba. O passeio monitorado reúne proprietários de motos aquáticas de todas as marcas e terá concentração às 9h na curva da Jurema, na altura da Praça da Ciência. A programação inclui ainda test drive com os produtos da Sea-Doo nesta sexta-feira (das 10h às 17h) e no domingo (das 10h às 14h), sendo que as atividades fazem parte do Aloha Spirit Festival, evento que reúne diversas modalidades esportivas aquáticas.

O Jet Tour Sea-Doo promete visuais incríveis da orla capixaba. A partida do grupo está prevista para as 11h de sábado, com direção ao píer da Ilha das Caieiras, onde será a parada para o lanche. Após aguardar a subida da maré, por volta das 14h, o grupo retorna ao mar para completar a volta à ilha.

“A movimentação está grande para o passeio, que foi muito divulgado na região. Também há bastante procura para o test drive”, antecipou Maria de Fátima Belmudes, da Vitta Náutica, concessionária dos produtos BRP em Vitória, incluindo as motos aquáticas Sea-Doo. “As motos aquáticas são embarcações perfeitas para explorar as belezas do Espírito Santo, que possui muito mar e canais como opções de lazer. Além de Vitória, lugares como Guarapari e Manguinhos são muito procurados”, concluiu.

Os interessados em participar das atividades devem efetuar inscrição com a equipe da Vitta Náutica, por meio do telefone (27) 3200-3810. A organização do Jet Tour Sea-Doo exige o uso dos equipamentos de segurança e a apresentação da habilitação náutica por parte dos pilotos. A Sea-Doo patrocina a campanha Navegue Seguro, da Marinha do Brasil, a qual trabalha a conscientização sobre o uso responsável das motos aquáticas.

Publicado em Jet Tour Sea-Doo Com a tag , , , , |

São Paulo Boat Show 2014

O São Paulo Boat Show 2014 traz o melhor do mundo em barcos, motores e equipamentos, com destaques de produtos brasileiros e internacionais de alta tecnologia para quem gosta de navegar.
Fonte: Informativo Boat Show

Créditos: Mayorga/SPBS 2013

Este ano, o São Paulo Boat Show, em sua 17ª edição, está melhor ainda para quem acompanha o meio náutico. Os 40 mil m² do salão trazem mais de 100 expositores divididos entre estaleiros, fabricantes de motores e representantes de acessórios nacionais e estrangeiros.

De 25 a 30 de setembro, quem visitar o Transamerica Expocenter, na cidade de São Paulo, poderá conferir mais de 200 barcos, entre lanchas, veleiros, infláveis, jets e caiaques, além de produtos para decoração, como réplicas de barcos famosos.

Números do mercado náutico:

  • 8500 km de costa e mais de 45000 km de águas interiores navegáveis
  • A cada embarcação produzida, 7,4 empregos são gerados
  • Em 2013, o setor náutico faturou mais de US$700 milhões
  • Atualmente, o Brasil tem 1 barco para cada 268 habitantes

Bons motivos para comprar seu barco no São Paulo Boat Show 2014

  • Conhecer mais de 200 opções de modelos de barcos
  • Conversar diretamente com quem projetou e construiu
  • Conversar também com outros proprietários
  • Conferir em primeira mão as novidades 2015
  • Aproveitar as promoções e descontos exclusivos do salão
  • Poder financiar por lá mesmo

HORÁRIOS:
Dia 25 (inauguração): das 15h00 às 22h00
Dias de semana: das 13h00 às 22h00
Final de semana: das 12h00 às 22h00
Dia 30 (encerramento): das 13h00 às 21h00

Publicado em BRP Sea-Doo, Sea-Doo jet Com a tag , , , , |

Passeio para motos aquáticas vai de Salvador a Ilha do Medo, na Bahia

Jet Tour Sea-Doo deste sábado navega pelas águas da Baía de Todos os Santos.
Fonte: Mundo Press

Crédito: Divulgação/Jet Tour Sea-Doo

Os fãs das motos aquáticas têm diversão garantida no passeio marcado para este sábado, entre Salvador e a Ilha do Medo, na Bahia. O Jet Tour Sea-Doo é aberto para proprietários de embarcações de todas as marcas e modelos e promete visuais incríveis pelas águas da Baía de Todos os Santos.

O ponto de encontro será a Marina do Bonfim, na capital baiana, que recebe os participantes a partir das 8h. A partida será às 9h30, com previsão de chegada na Ilha do Medo ao meio-dia. “Toda a região é muito bonita, especialmente a Ilha do Medo. Iremos levar estrutura de alimentação para receber o pessoal, já que o local é bastante rústico”, antecipou Paulo Oliveira, da Sport Jet, organizadora local do evento e concessionária dos produtos BRP na Bahia, o que inclui as motos aquáticas da Sea-Doo.

A Ilha do Medo faz parte do território do município de Itaparica e possui área total de 12 mil metros quadrados, sendo uma das 56 ilhas que compõem o arquipélago da Baía de Todos os Santos. “O roteiro será todo por mar e haverá ondulações, mas teremos lanchas de apoio e o passeio em grupo é sempre muito seguro. A Ilha do Medo é apenas um dos diversos lugares que a moto aquática permite acesso aqui na Bahia”, concluiu Oliveira.

Os interessados em participar do passeio devem efetuar inscrição com a equipe da Sport Jet, nos telefones (71) 3321-6711 e (71) 3033-4050. A organização do Jet Tour Sea-Doo exige o uso dos equipamentos de segurança e a apresentação da habilitação náutica por parte dos pilotos. A Sea-Doo patrocina a campanha Navegue Seguro, da Marinha do Brasil, a qual trabalha a conscientização sobre o uso responsável das motos aquáticas.

Publicado em Jet Tour Sea-Doo, Sea-Doo jet Com a tag , , , , , |